Turismo com emoção pilotando um Quadri

Pilotar um Quadriciclo por cenários deslumbrantes com o vento na cara é uma experiência que marca. Você tem a oportunidade de ser o protagonista, se esbaldar com tanta belezura e desafiar-se por terrenos off road, moldados pelos ventos, sol e chuvas. Passa pelo barro avermelhado das falésias, por uma ponte rustica e pelo meio do canavial.

São 3 opções de passeios e 2 tipos de roteiros: Dia de Aventura em Quadri, Quadri Barra e Quadri Sibauma. Cada um com uma característica especial, a escolha vai ser difícil, mas alguns fatores podem ajudar. O tanto de emoção que está disposto a enfrentar, o tempo de duração e o custo.

O Dia de Aventurajunta o Arvorismocom o tour de quadri, começa com o arvorismo que expliquei num outro post que dá para ler AQUI. Depois de caminhar numa mata exuberante, enfrentar as alturas e descer a tirolesa, vai estar feliz e pronto para sentir a emoção de percorrer o trecho entre o Chapadão e Sibaúma, com suas belezas incomparáveis. O chapadão merece uma descrição a parte: uma formação de deserto a beira mar, em cima de falésias, permite uma vista de 180 graus de mar. Deslumbrante! O vento na cara, o barro avermelhado e o mar de um azul turquesa lá em baixo. Prepara a câmera porque as fotos alí ficam maravilhosas! De um lado, a linda Praia do Amor que recebeu este nome devido ao coração que se forma na areia quando a maré está baixa, abaixo a “pedra da Pipa” que – contam – deu origem ao nome da vila por ter o formato de um barril de vinho que os Portugueses também chamam de “pipa”, e era o ponto de referência dos navios que chegavam na época da colônia para pegar o Pau Brasil das matas da região. E do outro lado, a vista se perde em diferentes baías e tons de azul sem fim. O passeio segue beirando o mar em cima das falésias, a paisagem vai intercalando com vegetação “penteada” pelo vento e solo moldado pela chuva. O circuito continua até Barra de Cunhaú, vila do município vizinho, Canguaretama. Para chegar até lá cruzamos uma ponte rústica onde está o Restaurante Camarão na Fazenda. Seguimos a aventura pelo meio do canavial até o mirante de Barra de Cunhaú. Na volta, uma parada em Sibaúma, na beira do Rio Catu, um breve descanso para retomar o caminho de volta. O tour começa as 9 horas e tem duração total de cerca de 6 horas, retornando por volta das 15 horas.

O roteiro de Quadri até Barra de Cunhaúé semelhante ao Dia de Aventura mas por não incluir o Arvorismo, dura menos tempo. Passa também pelo Chapadão, Praia das Minas, Sibaúma e pelo canavial até o mirante em Barra do Cunhaú, mas a parada no Rio Catú é mais rápida, tempo apenas para uma água e breve descanso. Considerando que o desgaste físico é muito menor que o dia de aventura, o objetivo aqui é pilotar o maior tempo possível durante as quase 3 horas de passeio. Nesta opção há saídas as 9 e as 14 horas, todos os dias.

Por fim, o Quadri Sibaúmaé o mais curto dos três. Assim como os outros, segue o mesmo trecho até a pequena vila que dá nome ao passeio percorrendo o principal trecho de 10 km off road de paisagens exuberantes e de um colorido inesquecível para então voltar. Cerca de 2 horas de tour que valem cada segundo!

principal objetivo das atividades em quadri é mesmo pilotar o veículo, claro que o guia vai dando instruções e monitorando tudo não apenas para explicar o caminho, mas principalmente para isolar os riscos, o trecho é acidentado, off road mesmo!, o quadriciclo é um veículo de 4 rodas mas de uma instabilidade grande, qualquer descuido, é acidente, então velocidade baixa para apreciar a paisagem! Antes de subir no veículo, os guias dão uma explicação de funcionamento do equipamento, como pilotar, cuidados e dicas. O uso do capacete é obrigatório. Para saber as tarifas, entra AQUI ou AQUIe dá até para reservar por lá!

Idiomas
Share via
Copy link
Powered by Social Snap